Jogos pOlímicos (Jeux pOlymiques)

Dispositivo de imagem interativa multi-utilizadores na internet e instalação, 2003
Samuel Bianchini

Desenvolvimento informático: Oussama Mubarak
Produção: Dispothèque
Agradecimentos: Emmanuel Méhois
Para acessar o trabalho on-line: http://polymic.dispotheque.org

 

 


To download this image in high definition (Tiff), click here


To download this image in high definition (Tiff), click here


To download this image in high definition (Tiff), click here

 Jogos pOlímicos, Samuel Bianchini, 2003
Maintenance, exposição individual, École européenne supérieure de l’image, Poitiers, França, de 4 de Maio a 4 de Junho de 2010.
Fotografia: © Samuel Bianchini - ADAGP

 


Jogos pOlímicos é uma imagem interativa partilhada na internet. Mosaico colorido e desordenado, esta imagem deixa entrever um símbolo, o dos Jogos Olímpicos. Cinco anéis entrelaçados, símbolo universal de uma competição mundial harmoniosa, estão aqui encimados por uma chama. Esta representação inclui uma multidão disciplinada que realiza uma coreografia à altura do acontecimento: o espetáculo de abertura dos Jogos Olímpicos. Os movimentos do espectador em relação à imagem – com o rato, num clic contínuo – animam este mosaico humano e deixam marcas ao reordenálo. Sendo partilhada pela internet, cada animação produzida por um dos múltiplos utilizadores é visível por todos; cada um pode ver e reagir as ações que os outros realizam.
Utilizador após utilizador, animação após animação, a imagem sofre uma lenta evolução em que se juntam construção e desconstrução. À coreografia criada na imagem partilhada, responde um outro movimento coletivo, este em frente da imagem: a atividade dos diferentes membros do público, os gestos partilhados através da rede. Se a sua coordenação é difícil, leia-se impossível, pode todavia ser conduzida sob a égide da realização de um símbolo: o dos Jogos Olímpicos. Mas, seduzidos pela efetividade da nossa ação individual, somos igualmente tentados a desenhar a grafia pessoal que vamos deixar na tela. Entre o desejo de se distinguir e a vontade de participar no esforço coletivo, entre o traço individual e o símbolo universal, é pouco provável que o equilíbrio seja encontrado.


 

 


To download this image in high definition (Tiff), click here